Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Egressas avaliam impacto do Programa Mulheres Mil
Início do conteúdo da página Notícias

Egressas avaliam impacto do Programa Mulheres Mil

Durante seminário, participantes de cursos ofertados pelo Campus trocaram experiências sobre conquistas e perspectivas de vida
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 21/12/2017 11h33
  • última modificação 21/12/2017 11h33

Realizado como projeto de extensão, evento reuniu egressas da região para troca de experiências

Promover os eixos de equidade, igualdade entre os sexos, combate à violência contra a mulher. Estes dentre outros objetivos nortearam o protagonismo do Programa Mulheres Mil, uma das iniciativas prioritárias para o IFMA durante muito tempo. Atualmente, o programa se desenvolve para voltar com força total em 2018.

Partindo desse prisma, o campus do Instituto em São João dos Patos organizou no dia 15 (sexta-feira) o Seminário de Egressas, que reuniu para uma roda de conversa 43 participantes da região no Mulheres Mil, a fim de fazerem um diagnóstico do impacto do programa nas suas vidas, considerando o que trouxe de bom e quais as expectativas em relação ao mesmo.

Coordenado pela equipe do Mulheres Mil, o evento foi realizado a partir da aprovação pelo Edital Nº 02/2017 da Pró-reitoria de Extensão e Relações Institucionais (PROEXT), já tendo ocorrido, além de São João dos Patos, em Caxias (em conjunto com os campi do Instituto em Coelho Neto e Codó). Ainda são programados seminários regionalizados em São Luís (reunindo as unidades Monte Castelo, Maracanã e Centro Histórico), em janeiro, e Açailândia, no mês seguinte.

No Campus São João dos Patos, as egressas tiveram recepção por equipe multidisciplinar, pelo diretor de Planejamento, Walber Pereira, e o diretor-geral Elissandro Tavares, que lembrou a importância do programa para a região, ao atender mulheres e proporcionar acesso à educação.

A professora Elisângela Tavares, chefe do Departamento de Extensão e Relações Institucionais (DERI) no Campus São João dos Patos, fez uma retrospectiva da passagem dessas mulheres pelos cursos ofertados pelo Instituto, e convidou algumas egressas para falarem sobre a experiência do Mulheres Mil.

Na programação do seminário, houve ainda palestras. Patrícia Santos, professora de História do Campus, convidou as egressas a refletirem sobre a formação de uma rede colaborativa de empoderamento. Abordando o tema de saúde da mulher, a enfermeira Flávia Costa chamou a atenção da audiência para que percebessem os cuidados com a saúde como um ato de amor. Convidada para o evento, Denise Noleto, psicóloga do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) de São João dos Patos, tratou da importância da autoestima para o equilíbrio da saúde física e mental.

Um questionário foi aplicado para a coleta de dados referentes às egressas, de forma a subsidiar futuras ações para atendê-las e avaliar a qualidade dos cursos ofertados, bem como as possíveis repercussões na vida de quem os frequentou, do ingresso até o término.

No encerramento do Seminário de Egressas, foi servido um lanche. As participantes do município de Pastos Bons, que estavam acompanhadas pela Secretária da Mulher Iraci Gonzaga, foram orientadas pela professora Nívia Barros durante um passeio pelo campus, quando assumiram o compromisso de firmar parceria para a futura oferta de cursos.

Fim do conteúdo da página