Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus realiza projeto de extensão de inclusão digital
Início do conteúdo da página Notícias

Campus realiza projeto de extensão de inclusão digital

A aula inaugural envolveu crianças e adolescentes economicamente carentes da região de São João dos Patos.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 29/05/2019 11h13
  • última modificação 29/05/2019 11h15

O projeto foi idealizado com o propósito de proporcionar inclusão digital e social por meio da promoção de conhecimento tecnológico para crianças e adolescentes patoenses.

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São João dos Patos realizou, no dia seis de maio, a aula inaugural do projeto de extensão “Infokids: conectando saberes”. O projeto foi idealizado com o propósito de proporcionar inclusão digital e social por meio da promoção de conhecimento tecnológico para crianças e adolescentes patoenses, economicamente carentes, realizando atividades educacionais ligadas à informática, inserindo-as nas novas tecnologias e procurando garantir oportunidade para operar as novas ferramentas digitais.

De acordo com a coordenadora do projeto, a professora Mayara Leal, a comunidade respondeu de forma positiva. “Obtivemos uma procura superior ao esperado durante o período de inscrições. Foram 34 inscritos para 17 vagas. Na aula inaugural pudemos ver o entusiasmo e a empolgação das crianças em nosso laboratório de informática. Para algumas delas foi o seu primeiro contato com um computador”, contou.

A coordenadora explicou ainda que o projeto tem o objetivo de capacitar crianças. “A proposta foi de oportunizar, por meio da inserção social da informática, conhecimento digital e pensamento computacional, fazendo melhorar a autoestima delas, além de oferecer-lhes mais um recurso para, no futuro, elas se inserirem no mercado de trabalho. Procuramos proporcionar aos envolvidos – alunos, colaboradores e servidores – uma visão humana, coletiva, consciente, ética e crítica sobre o impacto de sua atuação enquanto ser na sociedade, quanto a responsabilidade social e à vida profissional”, avaliou.

Fim do conteúdo da página